Leilõs Presenciais, Online, Judiciais e Extrajudiciais.

área exclusiva
Esqueceu a senha?

Não tem cadastro? cadastre-se agora

CENTRAL DE AVALIAÇÃO E ARREMATAÇÃO  DE NATAL-RN - Leilões Araújo

Terça, 27 de Outubro de 2020
Cód.: 1011/2020
Online
CENTRAL DE AVALIAÇÃO E ARREMATAÇÃO DE NATAL-RN
Autos nº: LEILÃO JUDICIAL
Leilão: 2º (SEGUNDO) LEILÃO JUDICIAL
Local físico do pregão: Site do leiloeiro (www.leiloesaraujo.com.br) - NATAL-RN
Data
01 /Jul 11h00m
Total de lotes: 63
  • LOTE: 039

    INFORMAÇÕES DE ABERTURA
    Incremento: R$ 2.000,00
    Total de visualizações: 53
    Total de Lances: 0
    Arrematantes homologados: 343
    Avaliação: R$ 650.000,00
    Lance inicial: R$ 325.000,00
    Incremento: R$ 2.000,00
    ICMS: R$ 0,00
    Data: 01 de Julho de 2020 às 11h00
    Localização: NATAL/RN

FORMAS DE PAGAMENTO

PAGAMENTO À VISTA ACRESCIDO DE COMISSÃO DE LEILOEIRO 5% DO VALOR DE ARREMATE SENDO ENVIADO AO E-MAIL DO ARREMATANTE GUIA PARA DEPÓSITO JUDICIAL PARA PAGAMENTO OU PAGAMENTO PARCELADO ACRESCIDO DE COMISSÃO DE LEILOEIRO 5% DO VALOR DE ARREMATE SENDO ENVIADO AO E-MAIL DO ARREMATANTE GUIA PARA DEPÓSITO JUDICIAL PARA PAGAMENTO NO IMPORTE DE 25% DO VALOR ARREMATADO A TÍTULO DE ENTRADA/SINAL E O RESTANTE, NO MÁXIMO DE 30 (TRINTA) PARCELAS, MENSAIS E IGUAIS, ACRESCIDAS DE JUROS REMUNERATÓRIOS NA ORDEM DE 1% AO MÊS E CORREÇÃO MONETÁRIA ATRAVÉS DA TABELA DA JUSTIÇA FEDERAL MODELO I, COM VENCIMENTO DA PRIMEIRA PARCELA NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS DA ASSINATURA DA CARTA DE ARREMATAÇÃO E AS DEMAIS NOS MESMOS DIAS DOS MESES SUBSEQÜENTES; O BEM FICARÁ EM GARANTIA HIPOTECÁRIA NOS PRÓPRIOS AUTOS. (ART. 895, § 1º DO CPC). A PARCELA DEVERÁ FICAR NO MÍNIMO R$ 1.000,00 (UM MIL REAIS)

localização do bem

Descrição detalhada

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE JUÍZO DE DIREITO DA CENTRAL DE AVALIAÇÃO E ARREMATAÇÃO COMARCA DE NATAL Rua Fosforita, Nº 2327, Potilândia, Natal/RN - CEP:59.082-400 Tel/Fax: (84)3207-3788 - e-mail: ntcaa@tjrn.jus.br Juiz de Direito: Ricardo Augusto de Medeiros Moura EDITAL DE LEILÃO JUDICIAL E INTIMAÇÃO  (Prazo: 05 dias) PROCESSO nº 0008242-11.2003.8.20.0001– Ação: Execução Fiscal- EXEQUENTE: Yumiko Tanaka Lucena, Kinji Tanaka Lucena, MONICA TANAKA LUCENA SOUZA, Yuki Tanaka Lucena EXECUTADO: Ricardo José Lins Salustino Bernadete Lourdes Cavalcanti Salustino


OBJETO: 01 (um) Apartamento residencial n° 201, integrante do Edifício Saint Paul de Vence, situado na Rua Mirabeau da Cunha Melo, n° 1986, Candelária, nesta capital, edificado na fração ideal de 11.250.00000/90.000 avos do domínio direito do terreno próprio, constituído pelos lotes n°s. 325 e 326, Quadra 17, devidamente Registrado sob a Matrícula n° 5.547 do Livro 2 no Registro Geral do 7° Ofício de Notas, Titular da 3ª CRI da Comarca de Natal / RN, composto de três salas, quatro dormitórios suítes, com varanda, cozinha, WC social, área de serviço, dependência de empregada, três vagas de garagem, com aproximadamente 300,00 m² de área construída. O presente imóvel está hipotecado, em 1° Grau, à Empresa Gestora de Ativos - EMGEA, a qual foi cedida pela Caixa Econômica Federal (AV-5); à Fazenda Nacional (Processo n° 2000.84.00.012841-9 / 6ª Vara Federal); à Fazenda Municipal de Natal (Processo n° 001.98.010164-7 / 1ª VEFM); à Justiça Trabalhista (Processo n° 00824-2007-001-21-00-6 / AEXF). Avaliado em R$ 650.000,00 (seiscentos e cinquenta mil reais). DIA E FORMA: 01 de julho de 2020, pelas 09:00 horas, em Primeiro Leilão Judicial de modo eletrônico e transmitido através do site www.leiloesaraujo.com.br. Não havendo licitante ou lance superior à avaliação na data supra designada, fica, desde logo, designado, na mesma data, 01 de julho de 2020, pelas 11:00 horas, a realização do Segundo Leilão Judicial, transmitido também através do site www.leiloesaraujo.com.br, para venda a quem mais der e maiores vantagens oferecer, com lance mínimo de 50% (cinquenta por cento) do valor da avaliação (art. 891 do CPC), sem que haja necessidade de renovar a publicação do Edital. O interessado em adquirir o bem penhorado em prestações poderá apresentar proposta, por escrito, até o início do leilão (art. 895 do CPC). O preço da arrematação dos bens, taxas ou impostos para transmissão dos mesmos, bem como a remuneração do Leiloeiro Público, FILIPE PEDRO DE ARAÚJO, nomeado por intermédio da Portaria Nº 002/2019-CAA de 29 de abril de 2019 por este juízo, a qual atribuo no percentual de 5% (cinco por cento), que ficarão a cargo do arrematante, que deverá garantir o lance no ato, via Depósito Judicial (Art. 892 do CPC). Se parcelado, no máximo de 30 (trinta) parcelas, mensais e iguais, acrescidas de juros remuneratórios na ordem de 1% ao mês e correção monetária através da Tabela da Justiça Federal Modelo I, com vencimento da primeira parcela no prazo de 30 (trinta) dias da assinatura da Carta de Arrematação e as demais nos mesmos dias dos meses subseqüentes; o bem ficará em garantia hipotecária nos próprios autos. (Art. 895, § 1º do CPC). Após a arrematação do bem não cabe alegação de qualquer vicio de evicção, constituindo como modo originário de aquisição de propriedade, sendo qualquer dúvida ou divergência na qualificação do bem deverá ser dirimida antes ou no ato do Leilão. Ainda, havendo adjudicação, remição, pagamento ou parcelamento do débito após a data da publicação do Edital de Leilão Judicial e Intimação a parte executada deverá pagar 2,5% (dois e meio por cento) sobre o valor da dívida paga à parte exequente, a título de ressarcimento das despesas do leiloeiro. O presente edital foi publicado nos seguintes sites: tjrn.jus.br / www.leiloesaraujo.com.br / INTIMANDO Ricardo José Lins Salustino Bernadete Lourdes Cavalcanti Salustino do Leilão Judicial acima aprazado. DADO E PASSADO nesta cidade de Natal/RN, 09 de junho de 2020. Eu (JOSÉ DINIZ SOBRINHO), Lotado na Secretaria desta Central de Avaliação e Arrematação, fiz digitar e subscrevi. Ricardo Augusto de Medeiros Moura Juiz de Direito

últimos lances recebidos

ver mais lances                    
valorusuário/placalocalidadedata/horário
Nenhum registro de lance.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - Arts. 186 e 927 do Código Civil. Ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal.